Portal dos Movimentos Sociais


Newsletter

Notícias

Publicada em 18-06-2017 às 13h01 e visualizada 1703 vezes




Caravana do Eixo Norte tem início nesta segunda e deve reunir políticos, religiosos e associações

Caravana do Eixo Norte tem início nesta segunda e deve reunir políticos, religiosos e associações

O movimento da Caravana do Eixo Norte acontece nestes dias 19 e 20. Contando com a participação de políticos de diferentes partidos, de representantes de diversas religiões, de movimentos sociais, ONGs, Maçonaria e da Federação dos Agricultores da Paraíba.

A arquidiocese de Cajazeiras vai realizar uma procissão com velas já nesta segunda-feira, por volta das 17h.

De acordo com o deputado Jeová Campos, que é um dos articuladores do movimento apartidário, a procissão com velas deve reunir fiéis de todas as igrejas. “Esse será um ato de todos os cristãos, porque a questão da defesa da vida, é transcendental”, diz Jeová. O Pe. Djacy Brasileiro já confirmou presença na Caravana e na Procissão disse que irá levar sua Cruz de Latas.

A procissão sairá da comunidade de Boa Vista, em Cajazeiras, no final da tarde, por volta das 17h, percorrerá várias ruas até chegar a ponte por onde vai passar o canal da integração. A procissão substituirá o ato público que aconteceria na cidade, após a chegada da comitiva que virá de Terra Nova e Salgueiro (PE), Jati (CE) e da Barragem de Boa Vista, em São José de Piranhas (PB).

A Caravana, reitera Jeová, tem o objetivo de chamar atenção para a importância da retomada das obras do Eixo Norte da Transposição, que estão paralisadas desde julho do ano passado. “É justo e necessário que haja uma mobilização das entidades, da sociedade, das igrejas, do povo de um modo geral para que essas obras sejam retomadas o quanto antes, já que a situação é muito grave e sem a conclusão desta obra não chegará água nos sertão da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará”, destaca o deputado cajazeirense.

O parlamentar lembra que a Caravana transcende o plano político. “Ela é um movimento da sociedade civil organizada, um grito de socorro sobre esse grave problema da seca e falta de água. Queremos chamar atenção para um problema gravíssimo que é a falta de água no sertão, cuja solução recai na conclusão das obras do Eixo Norte da transposição, que precisam ser retomadas urgentemente”, finalizou Jeová.

PB Agora






Copyright © 2018 Movimento social | Todos os direitos Reservados

Fractal Midia